Salões de beleza e academias poderão voltar a funcionar a partir de segunda-feira

Salões de beleza e academias poderão voltar a funcionar a partir de segunda-feira

Suzano e municípios do Alto Tietê foram reclassificados para a Fase 3 – Amarela do Plano São Paulo de retomada das atividades

A partir da próxima segunda-feira (13/07) Suzano entrará oficialmente na Fase 3 – Amarela de retomada econômica do Plano São Paulo. Isso quer dizer que estabelecimentos até então não autorizados a funcionar, mais especificamente salões de beleza e academias, vão poder reabrir e restrições definidas anteriormente terão maior flexibilização. A mudança vale para a Sub-região Leste, que abrange os municípios do Alto Tietê, e foi divulgada nesta sexta-feira (10/07) pelo governador João Doria e secretários estaduais durante coletiva de Imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na capital, oportunidade em que também anunciaram a prorrogação da quarentena contra o novo coronavírus (Covid-19) até 30 de julho.

A Prefeitura de Suzano atualizará o decreto municipal nº 9.432/2020 com as novas autorizações e medidas na semana que vem, no primeiro dia da Fase 3 – Amarela (segunda-feira). Com a alteração, poderão voltar a funcionar salões de beleza, barbearias, academias de esporte e centros de ginástica. No entanto, todos terão restrições ainda. Juntamente com estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, deverão ficar abertos no máximo seis horas por dia e com capacidade limitada a 40% – exceto academias, onde só foram liberados 30% e sem aulas ou práticas em grupo. Em relação a bares, restaurantes e similares, será permitido o consumo no local, mas apenas ao ar livre ou em áreas arejadas e no período entre 6 e 17 horas.

Ainda será prevista na atualização do decreto municipal da quarentena a orientação para que os colaboradores que trabalham nesses locais utilizem, juntamente com a máscara, o “face shield”, item de proteção facial com material transparente. “É uma forma de garantir mais segurança na retomada gradual do atendimento ao público dentro dos estabelecimentos, em consonância com as recomendações das autoridades de Saúde”, destacou o prefeito Rodrigo Ashiuchi. Além disso, os protocolos de higiene devem ser seguidos pelos consumidores, como uso de máscara, distanciamento de dois metros entre as pessoas e limpeza constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%.

De acordo com os protocolos do governo do Estado, que serão incorporados ao decreto municipal que trata das regras da quarentena, eventos, convenções e atividades culturais serão autorizados após Suzano permanecer durante 28 dias consecutivos na Fase 3 – Amarela. E quando isso ocorrer, deverão ser observados horário reduzido (máximo de seis horas), capacidade limitada a 40%, controle de acesso, venda de ingressos apenas pela Internet, controle de acesso e assentos numerados e com distanciamento mínimo. Por enquanto, também não poderão ser reabertos espaços públicos de grande frequentação.

Suzano iniciou a retomada parcial e restrita de atividades de estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços em 12 de junho, dois dias após ser reclassificada para a Fase 2 – Laranja. Ou seja, o avanço no Plano São Paulo ocorre após permanecer um mês na etapa anterior. Segundo o governo do Estado, as três próximas atualizações estão previstas para os dias 24 de julho e 7 e 21 de agosto.

O mais recente balanço da Secretaria Municipal de Saúde mostra que o índice de leitos ocupados por pacientes com o novo coronavírus é de 28%. Além disso, a cidade apresentou desaceleração de 50% no número de óbitos na última semana.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano