Hospital de Quarentena de Suzano será prorrogado por mais um mês

Hospital de Quarentena de Suzano será prorrogado por mais um mês


Em razão da diminuição da quantidade de casos do novo coronavírus no município, unidade atuará com 50% da capacidade a partir deste sábado (01/08) e terá redução gradativa do número de leitos

O Hospital de Quarentena montado na Arena Suzano, no Parque Max Feffer, completa três meses nesta quinta-feira (30/07) e terá seu funcionamento prorrogado por mais 30 dias. Entretanto, a unidade que trata pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19) vai atender com 50% da capacidade, em razão da diminuição do número de casos da doença na cidade. A expectativa é que de ocorra um fechamento gradativo do hospital dentro do mês de agosto, conforme demanda e análise do cenário municipal e regional.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a partir deste sábado (01/08), o Hospital de Quarentena passará a atuar com 40 leitos de enfermaria – antes eram 70 – e os dez semi-intensivos com respiradores, que serão mantidos. Segundo o boletim epidemiológico, nesta última semana, a unidade registrou uma média de 12% de taxa de ocupação. Em maio, este índice era de 50%.

O chefe da pasta, Luis Claudio Guillaumon, explica que a decisão foi resultado de um estudo técnico realizado pelo Comitê da Saúde de Enfrentamento à Covid-19. “Resolvemos prorrogar o prazo por mais um mês para que a prefeitura continue a atender os casos existentes durante a pandemia. A demanda diminuiu, mas infelizmente ainda não zeramos e vamos oferecer esse suporte à população conforme seja necessário”, disse.

Em 90 dias de funcionamento, o Hospital de Quarentena teve 222 pacientes atendidos, sendo que 153 (69%) tiveram alta e sete vieram a óbito (3,15%). Até o final de julho, houve 46 pacientes internados na ala avançada. Além disso, 112 profissionais da Saúde chegaram a atuar no local. “Os custos dos três meses inicialmente contratados serão fechados ao fim do ciclo de 90 dias, ou seja, em 30 de julho. Desta forma, ainda na primeira quinzena de agosto realizaremos a prestação de contas”, disse.

É importante ressaltar que a Saúde suzanense teve um reforço no combate à pandemia da Covid-19 com a reserva preventiva de dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em uma rede privada. Além disso, o município conta com o respaldo do Hospital Auxiliar das Clínicas de Suzano, do governo estadual, e do Pronto-Socorro Municipal (PS), todos com setores dedicados a pacientes diagnosticados com a doença.

“Continuamos trabalhando em parceria com todos as unidades de Saúde. Em 90 dias, realizamos uma intensa operação de acolhimento dos pacientes e conseguimos controlar a situação da pandemia no nosso município. Pedimos que as pessoas continuem se prevenindo usando máscaras e álcool em gel e evitando aglomerações”, completou.